TESOURO DIRETO - COMO INVESTIR?

O Tesouro Direto também é considerado um investimento conservador, mas que pode trazer bons rendimentos. É uma opção muito interessante em mais de um aspecto. É um dos investimentos com maior liquidez do mercado! E você consegue investir com apenas R$ 35.

O que é?

O Tesouro Direto é um programa de venda de títulos públicos (Dívidas do Governo) a pessoas físicas . Qualquer um pode investir, basta ter um CPF e uma conta corrente. Existem vários tipos de títulos, que correspondem a pequenas partes da dívida pública brasileira. Como o risco do Brasil dar um calote é baixo, o risco atrelado aos títulos também o é. O Tesouro Direto é um investimento de longo prazo, cujos prazos  de resgate podem ser longos – então você precisa pensar por quanto tempo você pode deixar o seu dinheiro aplicado.

Claro que uma das grandes vantagens do Tesouro é a Liquidez diária, ou seja, se você tiver títulos e quiser vendê-los (retirar antes do prazo final), resgatará o valor com os juros calculados a partir do início do investimento. Ou seja, há a possibilidade de você retirar o dinheiro antecipadamente ainda com ganhos.

Um grande benefício é que você não precisa sair de casa para investir. Todas as operações de compra e venda podem ser feitas pela internet, tanto por meio de bancos como por corretoras. No entanto, é preciso ter atenção às taxas de administração cobradas por bancos e corretoras.

Quais os tipos de Títulos do Tesouro?

Prefixados

 Os títulos prefixados são aqueles que têm taxa de juros fixa, ou seja, você já conhece a taxa no momento do investimento. É o investimento ideal para quem quer saber exatamente o valor que receberá ao final da aplicação, no vencimento do título.

Porém ressalto que com a taxa Selic Baixa é arriscado ter um Título de Longo Prazo sem estar atrelado à inflação. Pois caso a Inflação aumente, os seus rendimentos podem não manter o poder de compra inicial do seu investimento.

 Tesouro SELIC

 Os títulos Tesouro Selic são títulos pós-fixados que possuem rentabilidade atrelada à Taxa Selic. A Taxa Selic é a taxa básica de juros da economia. É o investimento ideal para quem quer começar a investir no Tesouro Direto e também quem precisa de liquidez. Com esse investimento você consegue sacar seu investimento antes do prazo sem perda alguma, independente do momento econômico.

Tesouro IPCA

 A rentabilidade desse título está atrelada à inflação, medida pelo variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – IPCA. Ou seja, esses títulos oferecem rendimento igual à variação da inflação mais uma taxa prefixada de juros. Ideal para investimentos de Longo Prazo e é um dos investimentos mais seguros para preservar o valor do seu investimento independentemente de como estiver a Economia.

Como comprar um título na Prática?

O primeiro passo é abrir uma conta em uma corretora de investimentos. Por precaução, escolha a que mais te passar confiança. Para Renda Fixa eu opero na Easynvest, pois lá não há taxas adicionais de custódia ou manutenção de conta. Lá voce deve procurar a aba de Investir – Renda Fixa – TESOURO DIRETO. É assim que aparecerá para você:

Depois é só escolher o valor que deseja comprar e Confirmar a transação!

Para mais dúvidas ou simulação de Investimentos, você pode acessar diretamente o site do TESOURO DIRETO AQUI!

E o famoso Imposto de Renda como fica?

Tempo de permanência

Alíquotas regressivas

até 180 dias

22,5%

de 181 a 360 dias

20,0%

de 361 a 720 dias

17,5%

acima de 720 dias

15,0%

O valor do Imposto de renda é regressivo, ou seja, quanto maior o tempo do investimento menor será o imposto retido. Lembrando que o imposto é sobre os rendimentos e não sobre o montante da aplicação.